dezembro 16, 2009

E entao...

... nao voltei para relatar as compras!
Ai gente, aqui eh o pais do consumo. Eh impressionante!
E os precos!

Porque no Brasil, se voce ve uma propaganda dizendo "ateh 60% de desconto", vc sabe que a maioria dos artigos estao com 10%, alguns com 20%, e um ou outro, geralmente uma calca horrorosa que esta encalhada ha uns 3 anos ou uma blusa manchada, esta com os famosos 60% de desconto. Eh fato. Aqui nao! Voce entra nas lojas, vai pra parte de retail ou de clearance (ja aprendi) eh tem araras de roupas novas, lindas, com 50, 60% de desconto. E sao da propria estacao, ou de uma colecao passada. Nada com cara de velho.
Foi assim que fomos no shopping de Stamford. Da primeira loja que entramos, sai com 1 maxivestido de alcinha que paguei 10 dolares, 1 vestido tomara que caia beeeem rodado lindissimo q foi 20 dolares, 1 blusinha com estampa grandona da Hello Kitty e um camisete de manguinha curta bufante que paguei 6 dolares cada um. E fizemos uma festa nos provadores, dei consultoria de moda para minhas amigas, tudo! Ninguem foi la encher a paciencia. Ta, a loja estava bastante vazia tambem, mas mesmo assim.
E assim foi o dia inteiro, uma ofertinha mais tentadora que a outra, depois no fim fomos no Target procurar ofertas de roupas e calcados de inverno.
Entao, sabe? O Target eh assim, um supermercado mais pro lado de Lojas Americanas. Sacou? Soh que com 2 andares gigantes.
Comprei botas de inverno por $ 37, o que me parece barato para o padrao Brasil. E a etiqueta diz que aguentam ate -10 F. Otimo pra mim. Comprei tambem um monte de coisas para comecar a fazer scrapbook.
Assim, sempre achei que scrapbook fosse meio frescuragem, nunca tive muita paciencia e tal... mas vi que estou acumulando certas coisas, tipo ingresso de museu, tiquete disso, cartaozinho daquilo... e nao quero jogar fora! Entao me empolguei e decidi por tudo em um album que me lembre desse ano de viagem. Por isso o tal do srapbook. Alem do mais, me permite exercitar a criatividade, que anda meio quieta.
Comprei tambem outro monte de coisinhas: blusinha tipo segunda pele, calca de pijama de flanela (ma-ra-vi-lho-sa!), maquiagem, coisinhas para cabelo... tudo barato, mas vai somando pra ver! Huhauaha la se foi uma pequena fortuna. Mas eu sou feliz!
------------------------------
Hoje os hosts ofereceram um jantar de boas vindas para mim, apesar de que faz ja mais de 1 mes que estou aqui. Bem informal, para as outras au pairs de aqui perto. Foi pizza e salada, e dai eu quis fazer a sobremesa, para contribuir em algo ja que eles foram super legais e porque sobremesa eh meu ponto forte. Escolhi, eh claro, fazer brigadeiro. E coronel tambem (brigadeiro branco).
Soh que soh tinha ontem a noite para ir ate o supermercado, comprar leite condensado e alguma coisa no que enrolar, voltar para casa, fazer o brigadeiro, enrolar e ir dormir para comecar a trabalhar hoje, excepcionalmente, as 7. Sendo que tinha que ir ate o supermercado andando, e fica a aprox. 1,5 milhas.
Mas deu tudo certo, apesar de que hoje caia de sono. Ah, e todo mundo adorou.
Todo mundo, eh um bom eufemismo para me referir as pessoas que assistiram ao meu jantar: soh duas au pairs! uma eh a Dayanna, que ja eh amigona aqui, e a outra eh uma menina da Alemanha que ainda nao conhecia, entao foi bem legal.
As outras trabalhavam ateh mais tarde ou nao puderam por uma razao ou outra. Mas foi bem divertido. E comi brigadeiro demais.
Ah e os hosts adoraram.
----------------------------
Terceiro assunto de hoje.
Adivinha onde vou passar o dia do Natal? Adivinha? Nao? Nem um chute? Ta, ta bom entao. La vai:
Philadelphia!
La vou eu, visitar o lugar da Declaracao da Independencia, de Benjamin Franklin, a casa de Edgar Allan Poe e a escadaria do museu de arte (aquela do Rocky, sabe?)
Huahauahua vai ser muito bom!

E eh isso por hoje.
Papai, muito obrigada pela mensagem! Nao tenho andado no Skype, mas conversei com a Carolina ontem no msn, ela que tente se lembrar. E com o Galgo tambem. Se amanha estiver tranquilo, entro durante o dia no msn um pouco, vamos ver. Um beijao!!!

dezembro 13, 2009

A semana

Nao ha muito o que contar, aparte de um pouco de dor por uma pessoa querida que se foi. Enfim, prefiro nao comentar sobre o assunto. Basta dizer que, na verdade, nao estou mais triste por isso: nao ha mais sofrimento, nem dor, e algum dia, quando nosso bom Jesus voltar e nos levar para o nosso lar celestial, espero poder abracar a esta pessoa querida, que estara restaurada assim como todos nos. Esperanca, nao dor.

-----------------------------------
O trabalho era bom, agora vai melhorando com o passar dos dias, a medida que aprendo a conhecer as acoes e reacoes do baby. A familia eh otima, gosto muito deles. Eh bom trabalhar assim, num ambiente legal, afinal, nao eh soh trabalhar e pronto-tchau-ate amanha... eh morar no local em que se trabalha! E fundamental ter um ambiente bom, agradavel, poder se comunicar e se fazer entender.
Entao, tudo muito bom em relacao ao trabalho.

-----------------------------------
Cursos:
Tenho que me matricular logo, pois os cursos comecam em janeiro e fevereiro. Sim, eh a epoca mais fria para estudar, ainda mais para quem tem que estudar a noite. Mas nao ha problema, isto nao eh para sempre! Sao um par de meses estudando, ponto final... ano que vem, estarei de volta no Brasil, este eh o ano de aproveitar as experiencias, mesmo que seja ir fazer curso no meio da neve.
Os cursos ja estao de caso pensado, mas ainda nao concretizei nada... esta semana sera para isso. Quando estiver matriculada falo aqui do que se trata. (Frescura minha soh para fazer um suspense em algo que de misterioso nao tem nada. Repara nao!)

----------------------------------
Hoje eh sabado a noite e estou em casa na internet desde as 5 da tarde. Explico: fui a igreja, voltei para casa as 3:50 pm e simplesmente nao sentia os dedinhos dos pes! Estavam gelados, duros! Huhauahaua me enfiei no chuveiro e da-lhe agua quentinha, ate que nao estavam roxos mais. Entao coloquei uma meia bem quente e estou aqui, soh no quentinho.
La fora tem alguns graus negativos. Uns cinco.
A Bia me disse hoje que ano passado pegou vinte e poucos negativos.
Calma, eh soh esse ano. Ano que vem voce estara de volta ao pais tropical, nao esqueca.

---------------------------------
Amanha o plano eh pegar o trem e ir passar o dia todo em Stamford, ja no Connecticut. Para que? Fazer compras! Lah tem varias das lojas grandes e dois malls (shopping centers), ja que eh uma cidade maior (tem Macy's, Saks, Target, Burlington Coats, Victoria's Secret... enfim!), entao, a ideia eh torrar a grana da semana e mais um pouco (mmmhahahaha).
E o bom eh que fica mais perto do que NYC, e eh mais barato tambem. :)

---------------------------------
Estou seriamente viciada em Lindt. Para quem nao sabe, eh um chocolate importado (nao sei direito de que pais, mas eh europeu), do qual a pessoa que nao conhece nao pode sob nenhuma hipotese provar, ou ficara imediatamente viciado. Porque eh muito, muito bom! Huahaua. E aqui eh taaao baratinho... vejam so, no Brasil o tablete de 100g custa 12 reais... aqui sai por 2 dolares.
Eu vou no supermercado e compro 2 tabletes.
E nao dura mais que 2 dias!
E depois quero mais!
E eu estou em crise de abstinencia de Lindt. Quero!
Huhauahauhaua aiiii Lindt au lait, Lindt com frutas secas, Lindt semi dark... ahh adooro!

Mas ja provei outros tambem... nenhum eh taaao bom, mas vejam so:
- Provei Ghirardelli, achei mais gostoso do que os chocolates do Brasil, mas nao chega aos pes do Lindt.
- Hershey's, eh nativo de New Jersey. Alias, da cidade com esse nome. Mas nao gostei nem um pouco dele! O Hershey's no Brasil eh gostoso, o daqui tem um gosto esquisito, meio ardido, sei la. Nao gostei nao (e nao era uma barra estragada nao, viu?)
- Tem um outro que nao me lembro a marca. Eh chocolate com amendoas e cranberries. Gostei bastante tambem.
- E os M&M, claro, mas esses sao iguais aos do Brasil. Soh que aqui entrei na loja M&M em plena 7a avenida e sai com um saco de M&Ms das cores que eu mesma escolhi... personalizado e tudo. Isso sim, soh NYC oferece! Hahaha.

Ah, me falta provar os famosos Godiva. Mas esses, deixo para mais pra frente. Va que vicio neles tambem? Meu estipendio de au pair nao da para sustentar esse vicio!

dezembro 07, 2009

Passeio... e primeira neve!

A vida aqui eh marcada por momentos, dias especiais que se intercalam aos de trabalho. Assim como no Brasil, mas eh que aqui ha mais descobertas, e mais coisas novas a cada dia.

Este final de semana foi memoravel.

Ontem, estava na igreja de tarde, e de repente vejo, pela janela, uma chuva meio diferente. Parecia tao leve e delicada. Ate que percebi que nao era chuva! Era neve!
Foram acho que 2 horas e meia de neve, maravilha da Criacao de Deus. Delicada, como se fosse isopor de tao leve. Depois da igreja sai na rua para ir ate o carro (me trouxeram ate em casa), e a neve caiu em mim. Que gostoso!
Eu sei que eh gelo, que derrete, comeca a incomodar, acumula, etc. Mas minha primeira experiencia de ver a neve foi muito agradavel. Ate cumpri a tradicao que "manda" comer um pouco quando se ve pela primeira vez. Hahahaha.

Hoje o dia amanheceu lindo. Radiante. A neve que tinha caido na grama da casa nao tinha derretido ainda (na verdade, agora de noite ainda nao derreteu), filmei e tirei foto.
Passaram para me pegar Dayanna, Isis e Maria, que eu nao conhecia. Fomos ate a estacao de Larchmont a tempo de ver o nosso trem ir embora. :P Bom, fazer o que? Compramos os bilhetes e esperamos o proximo. De qualquer maneira, o dia era nosso e nao tinhamos horario.

Chegamos na City, fomos almocar. Procuramos, procuramos... e acabamos caindo no Mc Donalds! Huahuaha vida de au poor eh isso mesmo! A Isis estava sofrendo muitooo com o frio, entao passamos numa loja onde dei consultoria de moda para minhas amigas. Huhauaha tao bom... me faz sentir que valeu a pena a faculdade! :P
Depois andamos ate o Central Park, e de la ate o Metropolitan. Na calcada do Park tinham montado tipo uma feirinha do Strand, que eh tipo um sebo que vende nao so livros usados, mas tambem varios novos. Achei dois livros muito legais e baratinhos sobre moda: um sobre os seculos XVIII a XX e o outro com propagandas dos anos 60 (Fabian, voce vai gostar, apesar de ser apenas propaganda de moda). Fiquei felizona e fomos ate o Metropolitan.

No Met, o ingresso eh sugerido. Cada uma pagou 2 dolares, sendo que a entrada "sugerida" eh 20, ou seja q pagamos 10%. E que lugar maravilhoso! Nossa, chegamos a ficar zonzas de tanto andar de uma galeria a outra, de arte grega a armaduras medievais, e finalmente o Egito, que deixamos para o final. Sabemos que ficaram partes sem percorrer, mas saimos as 5:30, quando o museu estava fechando.
O bom da entrada sugerida eh que sempre fica a vontade de voltar. E tem cada coisa linda! Amanha vou por as fotos no orkut. Para quem ainda nao me adicionou, procure Mari Spil (com acento no A).
Quase gastei outros dolares na lojinha do museu, mas decidi conter o impulso. Hehe.

Dai entao eu tinha enfiado na cabeca que queria ir no Century 21 comprar umas roupas. Pelo que sabia, era bastante em conta. Pegamos o subway, atravessamos mais da metade do comprimento da ilha de Manhattan (hehehe) e depois de perguntar a direcao umas 3 ou 4 vezes, chegamos. Eh na frente do Ground Zero, mas passamos batido, admirando-nos soh da grande extensao do lugar, e comentando o panico que deve ter sido testemunhar o momento fatal dos ataques. Comemos no Burguer King, e entramos no Century 21 as 7, sendo que as 8 fechava. Tudo bem.
Comprei um par de blusinhas, uma legging para usar por baixo das calcas e uma outra legging que achei muito interessante, porque eh imitacao jeans. Alem disso, dois pares de uma tipo sapatilha mas com textura dessas meias peludinhas que estao tao em alta agora: um par para mim e o outro para o amigo secreto que teremos no au pair meeting esta semana. Tinha algumas coisas em conta, mas nao eh, definitivamente, uma loja barata. Eh que vende pecas de grandes marcas, de colecoes passadas, entao alguns precos sao bem salgados. Ha que saber procurar, e ir com tempo para isso, coisa que nao tinhamos. E aqui nos EUA nao eh como no Brasil, que quando a loja fecha comeca fechando as portas e quem esta dentro ainda pode comprar com relativa calma. Eles vao varrendo mesmo as pessoas que estao dentro! Huahauha

Depois saimos e fomos no Starbucks que fica na frente da Century. Alias, a Century eh muito grande, tem uns 3 ou 4 andares. Bom, compramos uns chocolates quentes, e de repente estavamos nas mesinhas e as funcionarias comecaram a varrer o pessoal tambem, dizendo: We're closed! We're closed!
Tinha mais uma familia de brasileiros, e outros americanos. Nao houve outro jeito a nao ser sair para o frio novamente. Fomos pegar o subway para voltar, mas pegamos para o sentido errado (quem estiver no Brasil e lendo isto, nao ache que somos burrinhas: conheco muito bem o metro de SP e me manejo muito bem nele. Aqui o metro, alem de mais velho, sujo e caindo aos pedacos, eh muito mal sinalizado e confuso). Descemos depois de duas estacoes e pegamos o sentido contrario, desta vez. Foi muito bom, porque pegamos logo o trem expresso, que em poucos minutos nos deixou na Grand Central. Aprendi mais um truque: a Grand Central tem uma sala de espera com internet, muito boa para estar enquanto se espera o trem. Pegamos o de 9:40 de volta para Larchmont, e conversamos com uma simpatica senhora portuguesa que mora aqui tambem.
E aqui estou, finalmente, em casa. Meus pes latejam, mas estou feliz por ter passado um dia otimo em companhia destas meninas super legais, e ainda ter conhecido a Maria tambem. Ainda lamento nao ter podido ir ver a decoracao da Macy's, mas espero poder voltar domingo que vem. Afinal, eh New York!

dezembro 04, 2009

1 mes de USA!

Entao, people, passou meio batidinho essa semana, mas eh isso mesmo.

Um mes inteirinho de Estados Unidos para mim!
E nao parece. Nao mesmo. Parece que cheguei ontem. Ta, nao eh pra tanto. Semana passada.

Nao vou enumerar o que fiz nesse tempo, porque seria muito redundante. Eh soh rolar a barra que aparecem minhas ultimas aventuras. Rs. Melhor, vou contar o que MUDOU nesse mes que estou aqui.

- As arvores! No inicio eram todas coloridas, agora estao todas cinzas.
- Meu ingles. Segundo os hosts, esta muito melhor. Eu acho que esta melhor, soh nao sei se muito.
- Meu conhecimento de Manhattan. Os hosts se surpreendem, eu vou para Manhattan e volto contando que estive aqui e ali... eles brincam que sou quase guia turistico ja. Mas tambem, a parte central eh toda feita de ruas paralelas e quadras quadradas (nao seria o verdadeiro sentido da palavra?), e ainda as ruas sao numeradas. Nao tem como se perder!
- Acostumei a andar de meias dentro de casa o dia todo.
- Da mesma maneira, acostumei a checar a previsao do tempo todas as manhas. Todos os americanos fazem isso.

Tem mais coisas, mas nao lembro.
Este domingo, vou com algumas amigas em NYC again. Passaremos o dia todo por la, aproveitando o que a cidade tem de melhor (tudo!).
E estou vendo cursos ainda. Nao decidi o que vou fazer, mas ja tenho umas ideias.
E ainda este mes assistirei "The Nutcracker", encenado pero Ballet de NY! Huahauahua.
How good is that?

E la vem o Natal. Natal em NY.
Hohoho.

novembro 28, 2009

I wanna wake up in the city that never sleeps...

Eu nao sei explicar o que eh... mas essa tal de New York, tem um pozinho magico sabe? Voce nem saiu de la, e ja esta pensando em quando voltara.

Semana passada extrapolei: fui sabado (com a Andreia), terca (com a Isis) e quarta (sozinha mesmo). As duas primeiras ja contei. Vamos a excursao de quarta feira entao.
Eu ia trabalhar quarta feira, mas meus hosts me contaram de como eh legal o dia antes do desfile de Thanksgiving (que foi quinta), porque a tarde os baloes comecam a ser enchidos, vai muita gente e tal... pensei em ir depois q terminasse meu horario, mas seria muito tarde ja. Entao eles decidiram, assim, me dar o dia livre. Iupiii!!!
Fui primeiro com a Dayanna fazer meu Social Security Number (algo parecido com o nosso CPF), isso em New Rochelle. Nunca vi, nem no Brasil, tamanha falta de vontade de trabalhar! O pessoal no orgao publico parece que esta te fazendo um favor. Aquela cara, ne? Mas ta, pelo menos deu para fazer (o meu, o da Day nao deu para fazer nao) e agora eh esperar uns 15 dias para receber o cartaozinho em casa.

Depois disso descobrimos um restaurante chines de preco muito bom ali em N. Rochelle mesmo, eu nao botei muita fe, mas pensei comigo: bom, vou nem que seja para fazer companhia ne? No fim, a comida era barata e deliciosa! Muito bom.

Entao rumei sozinha para a City, armada com a minha camera, logico. Cheguei la, uma chuvinha fininha e chata. Enfim. Andei pela Park Avenue, que nao conhecia, ate chegar ao Central Park. Ali a chuvinha ja tinha parado, e pude andar pelo parque. Passei na frente do zoologico (nao que seja muito fa, mas eh o que serviu de "locacao" para Madagascar), andei pela Literary Walk, tirei fotos da fonte de Bethesda (aquela onde se filmou a apresentacao de Friends). Na fonte, havia uma equipe (fotografos, iluminacao, modelos vestidos a carater) fazendo fotos para o que provavelmente seria uma revista de casamento e festa. Todos japoneses.

Depois conheci o "Strawberry Fields", um jardim feito em homenagem a John Lennon. La eh tudo em favor da paz, e no jardim nao se pode passear com musica alta e cachorros, nem alimentar os animais (apesar de que quando passei tinha um cara dando migalhas para os passarinhos).
[Nao estou colocando fotos, porque carregar fotos aqui eh chato. Vamos fazer um exercicio, melhor: voces leem o que vou escrevendo, imaginam como seria e depois vao la no meu orkut e olham as fotos. Tem mais de 600 fotos desde que sai do Brasil, entao tem bastante material].

Depois disso finalmente cheguei nas ruas onde estavam enchendo os baloes. Eu nao esperava que houvesse tanta gente! O encher dos tais dos baloes ja eh um evento em si mesmo. Nao entendi muito o proposito de desfilar personagens famosos de desenhos animados, mas va lah, ne? Estava bem bonito. Tinha Homem Aranha, Pikachu, Hello Kitty, Snoopy, Mickey Mouse, Buzz Lightyear, um Smurf, Bob Esponja, coelhinho de Energizer, Sapo Caco, enfim, tinha mais mas nao me lembro de todos. Tambem tirei bastantes fotos.

E isso tudo era do lado do Museu de Historia Natural... aquele onde se filmou "Uma noite no museu", saca? Entao, aquele mesmo. Soh que nao tem uma ala egipcia, isso eh no Metropolitan, que hei de visitar em outra ocasiao.
Bom, ja que estava tao pertinho do museu, e que o ingresso eh sugerido (eles SUGEREM que voce pague $16, mas voce paga o quanto quiser... eu paguei $2!). Foi bom, porque quando entrei ja eram 4 horas da tarde, e fecha as 5:45. Nao deu tempo de ver tudo, mas vou voltar outro dia. Alias, comecei pelo lado errado (na minha opiniao): segui a recomendacao do guarda e subi ate o 4o piso para ir vendo e descendo, entao comecei com os dinossauros e outras alas de bichos e fosseis. Quando cheguei no 2o andar e vi que era sobre civilizacoes e ate trajes antigos (meu assunto mais preferido) era a hora de fechar.
Mas deu tempo de visitar uma das lojinhas do museu, a que estava na saida da exposicao sobre a rota da seda (que nao pude entrar). Comprei um livro sobre a vida na rota da seda, parece muito bom.

E depois de todas essas aventuras, de eu nao aguentar mais parar em pe, sai do museu e a multidao tinha aumentado consideravelmente. Eu e o balao verde de gas que me deram a tarde (e com o qual andei pelo museu todo), pegamos o subway, com o qual acrescentei mais uma boa experiencia para meu curriculo. Desci algumas estacoes adiante, onde podia optar por trocar de linha por outra perpendicular, ou ir andando, ja que eram poucas quadras. Aproveitei para subir a superficie, passar num Starbucks tomar alguma coisa e aproveitar a internet de graca para ligar para casa pelo skype (no meu precioso iPod). A nao ser que quase tive um piti porque nao encontrava meu cartao (e depois de uns 5 minutos me liguei que estava no bolso do casaco) e que os rapazes, coitados, cheios de trabalho num Starbucks no meio de NYC, perderam minha ordem de um Vanilla Bean. Ok, demorou uns 20 minutos mas nada abala meu humor. E, intermitentemente, consegui falar pelo skype. Huahauaha.

E depois caminhei ate a estacao de trem e rumei para "minha casa". E ainda achei tempo para pintar meu cabelo essa noite e lava-lo na pia. Sou meio louca, eu sei, mas era meio tarde ja.
Ufa!

Sobre o Thanksgiving, nao tenho muuuito a dizer. Eh um dia feriado que eles valorizam muito e onde se reune a familia e se faz uma ceia onde o principal eh o peru (argh). Ainda bem que minha host eh vegetariana e havia outras opcoes.

Hoje fui na igreja brasileira de novo. Foi muito bom! O povo la eh super acolhedor e encontrei pessoas que conhecem algumas pessoas da minha igreja no Brasil. Este mundo, decididamente, eh um ovo.

novembro 24, 2009

Atualizando

Entao, faz tempo que nao apareco por aqui, eu sei. Eu sei tambem que sempre digo isso. He! Mas o tempo tem outra dimensao por aqui... aqui eh trabalhar, depois aproveitar o tempo off para falar com a familia e sair um pouco, ligar para as outras au pairs e torcer para que os tempos off concordem com o das outras, para poder combinar alguma coisa... ou pegar mesmo um casaco e sair por ai... bater perna, conhecer lugares. O tempo para internet eh curto, para poder aproveitar e sair um pouco, ou ler, ou fazer alguma coisa. E ainda tem as fotos para por no orkut. Ha muitas ja, passa de 430.

Queria contar as ultimas novidades.

Estive em NYC com meus hosts quinta feira passada. Foi a primeira vez que fui de trem, e foi otimo porque fui com eles, entao nao tive nada a recear. A Grand Central Terminal eh, simplesmente, grandiosa.Quem me localizar na foto primeiro, ganha. Huahuaha.

Sabado peguei o trem e fui para uma pequena cidade em direcao a NYC, que se chama Mount Vernon. Durante a semana tinha me informado de que la tinha uma igreja adventista brasileira, entao fui tentar para ver se me sentia melhor por la.
Achar o lugar foi um caso a parte... apesar de as indicacoes estarem muito claras, nao tinha previsto que a congregacao se reunisse dentro de um predio compartilhado por igrejas de varias denominacoes... mas finalmente encontrei o lugar e fui muito, muito bem recebida! Com certeza esta sera minha igreja por aqui, me senti em casa! Huhauaha. Foi muito bom.

A noite tinha combinado com a Andreia, de que nos encontrariamos na Grand Central para passear em NYC.
Foi otimo! Nos divertimos muitooo (quando conseguimos nos encontrar, ne Andreia? huahauha). Passeamos pela 5a avenida, vasculhamos a loja de meias desemparelhadas (nao me lembro o nome), a Disney Store, a loja da M&M (vide foto)...
...e fomos ate a super loja da Apple, onde fiz a minha primeira compra substancial por aqui: meu iPod touch!
Depois passeamos pela 7a avenida e pela Times Square, vejam.
Eu, a mais feliz subindo a escada da Times Square. O lugar que nunca dorme!

Olha so agora meu "bichinho" novo! Huahuaau
E hoje, para nao perder o costume (nem esquecer o caminho! uahuahauha) fui de novo para a city, desta vez com a Isis, que chegou esta semana. Eu trabalhei ate as 11 e depois tinha livre o resto do dia, entao encontrei ela as 11:30 na estacao do trem e nos mandamos pra city.
E o que fizemos? Bom, comecamos andando pela 5a avenida (ainda nao me acostumo, parece coisa de filme! E voce anda o mais sossegado com a camera pendurada no pescoco, mesmo sendo uma H-50 que chama mais a atencao... MUITO MAIS SOSSEGADO QUE NO BRASIL ou que em qualquer outro lugar em que eu tenha estado antes).
Fomos ate o Central Park! Ahh me senti num filme de novo!
Entao, fomos PATINAR NO GELO! No Central Park!
Ahh, pronto, ai nao me senti mais nada. Voce simplesmente parece que nao eh voce, parece que esta vendo um filme de alguem. Prontofalei.
Tiramos algumas fotos, ate que uma simpatica (ta, nem tanto) senhora que fazia a seguranca veio nos dizer que nao se pode patinar com cameras. Alguns minutos depois, pelos alto-falantes interromperam a patinacao, mandaram todo mundo parar e disseram que a partir desse momento o sentido da pista iria inverter (sim, meus senhores! Aqui se patina seguindo o trafego em circulo, nao de qualquer maneira!), e lembrando novamente que nao se pode patinar com cameras fotograficas, celulares e demais.
(Eu me pergunto se era uma pista ou algum regime semi-aberto. Huahuaa).

Enfim, depois de meia hora patinando os pes cansaram e fomos embora, saltitantes e tirando fotos no Central Park. Alias, o parque eh lindo, mas as pessoas sao umas porcas seja la em que pais for: o cheiro de xixi nas calcadas de acesso ao parque, era insuportavel!

Ja era meio tarde e a Isis tinha que ir embora, entao compramos um lanche vapt-vupt (leia-se mc donalds. Huahua so comprei batata mesmo, era mais rapido) e fomos rapidinho para a estacao, passando pela Times Square. Que alias, de dia eh bonita mas nao tem o encanto da noite.
Eu fiquei na city para passear um pouco mais. Fui procurar o Empire State, mesmo que nao tivesse intencao de entrar sozinha e tao tarde (ja eram quase 4 horas). Quando cheguei la, se ainda tinha alguma intencao de entrar, esta acabou rapidinho: custa nada menos que 20 dolares! Isso nao ate o topo, que tem outra tarifa mais. Deixei para outro dia, quando puder aproveitar melhor. Mas tirei lindas fotos do predio e do saguao.
Indo para la, dei de cara com uma biblioteca que nao estava nos meus planos. Na verdade, mais um museu que uma biblioteca. Tem exposicoes de desenhos do Rococo e sobre Jane Austen, mas como tinha que pagar tambem e ja tinha outros objetivos para hoje, deixei para depois. Mas hei de ir.
Entao, depois do Empire fui na Biblioteca Publica (e da-lhe bibliotecas, mas eh que esta eh imperdivel). Eh imensaaaa! Tem montes de salas, muitos arquivos (varios deles fechados ao publico), salas e mais salas, a sala de leitura com acesso a internet, nunca vi igual! E corredores, andares, colunas... muito bonito!
Depois dei mais algumas voltas e resolvi que estava na hora de voltar. Hehehe.
A estacao no horario de pico estava fervilhando de gente, mas o bom disso eh que nesses horarios tem muitos trens. Voltei muito feliz.

E eh isso pessoal.
Ah, e hoje estou muito feliz porque fiquei sabendo que minha amiga de blog e companheira de processo Aline fez seu tao sonhado match, com uma familia pertinho da minha cidade! Ahh vamos barbarizar em NYC! Yeah!

novembro 16, 2009

Final de semana

Entao, ontem fui em outra igreja adventista. Semana passada fui na de Mamaroneck, esta semana fui na de New Rochelle. E assim, eu nao tenho preconceito, mas o fato de que tanto numa quanto a outra igreja a quase totalidade das pessoas (uns 98%, mais ou menos) eram negros. E qual eh o porem nisso? Bom, simplesmente que o jeito de eles falarem eh diferente. Aqui nos EUA eh tudo diferente! No Brasil, nao ha somente negros e brancos, mas tambem uma imensidao de cores, mulatos de todas as gamas, miscigenacoes variadas de negros, brancos, indios e japoneses. Sempre achei muito bonita essa diversidade, mas nunca tinha prestado atencao a como realmente eh.

Aqui eh muito diferente! Negros sao negros e ponto final. As familias sao compostas inteiramente por negros, ou por brancos, nao ha miscigenacao! E assim, preservam jeitos, maneiras e costumes entre si por geracoes... e o falar eh bem particular, com as vogais alongadas, misturadas com outras letras, partes das palavras que desaparecem.
Tambem nao seria nenhum problema para mim, se nao fosse o fato de que NAO ENTENDI NEM 20% DO QUE FOI FALADO!!!
E assim, me senti um pouco triste, meio fora da casinha. Isso na igreja, que foi o que eu imaginei que me faria sentir mais perto de casa. Sad!

Entao, isso fez com que ontem me sentisse um pouco triste... masss, para isso tenho minha familia no Brasil que sempre me apoia e com quem posso conversar. Falei com papai e com meu irmao, e foi muito bom!

Hoje, para acabar de espantar o que pensei que fosse um principio de homesick, fui fazer minha segunda terapia preferida (a primeira eh a oracao): compras!
Sai a pe, atravessei toda Larchmont que estava muito sossegada por ser domingo de manha (isso porque eram 11 da manha!) e fui numa loja grandona chamada Marshall, que no andar de baixo tem outra loja chamada Annie Sez.
Qualquer uma das duas, maravilhosas!!! Na Marshall vendem muitas coisas para a casa (povo de Santa Catarina: uma especie de Havan misturada com Renner) com precos muitooo bons! Estava lotadassa de artigos de natal, ou seja que foi uma delicia!
De roupas, tinha otimas ofertas, inclusive roupas de marcas famosas como Calvin Klein, Ralph Lauren, etc. E os precos muito bons. Comprei um casaco de trico preto muito bonito por 17 dolares.
Na Annie Sez, que jah eh mais uma mistura de Renner com Zara, tem roupas um pouco mais caras mas tem ofertas otimas tambem. Comprei uma sapatilha da Guess rosa choque por $ 15 e uma bolsa muito fofa da Paul Frank por $ 10.
Entao, uma foto das minhas comras de 1 semana (heheheh): 1 blusa canguru de trico chumbo, 1 casaco de trico preto, 1 blusa comprida tipo veste-legging creme com motivos natalinos, 1 boina rosa, 1 lenco de estampa burberry tambem rosa (mas que na foto parece bege), 1 bolsa de macaquinhos da Paul Frank e 1 sapatilha Guess rosa choque.
Mas, como podem ver, soh compras baratas. Estou administrando bem minhas financas e nao ha de faltar para fazer viagens e outros propositos.

novembro 15, 2009

Uma semana de trabalho!

Primeira semana, primeiro pagamento (claro!), primeiro pequeno ciclo que se fecha... ou se abre para novas possibilidades.

Agora que ja conheco um pouco mais a area, tenho que me dedicar a outras questoes: principalmente, fazer amizades! Eh isso que vou fazer essa semana: sair da toca e fazer amizades.
(E parar de devorar Lindt, ou vou sair dos EUA rodando. Huhauahua).

Hoje fui a igreja em New Rochelle, o host me levou mas na volta vim de trem, com o qual tenho mais uma nova experiencia.
Alias, o trem aqui eh super divertido. Eu gostei, pelo menos! Apesar de achar que eh um pouco lento.

Tenho que ir atras tambem de um curso. Estive vendo alguns sites de universidades... queria eu fazer alguma coisa em figurinos (meu sonho!) mas eh dificil coincidir o curso que eu quero + custo + horario bom (a noite). Dificil. Mas vou tentar.

E amanha vou inventar alguma coisa. Afinal, tenho livre ate as 3 da tarde. Um passeio por Larchmont, talvez? Hummm, ja sei onde vou. Conto depois.

Outra coisa que mudou aqui, minhas maos e rosto estao extremamente secos! Principalmente as maos. A host me deu amostras de uns cremes da Eucerin, que a pessoa que morava na casa antes deles (um medico) enviou, parece. Nao entendi direito a historia, mas eh uma caixa cheia, e ela disse que era para eu pegar o que quisesse. Sao muito bons os creminhos, bem delicados e sem cheiro, hidratam que eh uma beleza.

E eh isso.
A vida vai se ajeitando, aqui, ali, onde for.

novembro 12, 2009

Descobertas

Hoje despiroquei geral... tinha o dia livre ateh as 13 horas, entao decidi sair cedinho, pegar o onibus e ir para New Rochelle, uma cidade colada com Larchmont. Aqui as cidades sao todas emendadas umas nas outras, eh bem legal.
Primeiro perrengue foi no onibus... eis que subo bonitinha e contente com 2 notinhas de dolar. Afinal, no ponto do onibus dizia que o preco era $2, entao otimo. Subo no tal e descubro que o onibus tem uma maquininha automatica que nao aceita notas, soh o cartao proprio de onibus ou entao moedas. Sentei, e eis que meus trocados em moedas soh somavam pouco mais de 25 centavos! Perguntei para algumas pessoas se tinham moedinhas para trocar, e entao uma boa senhora me ajudou... e ainda me disse que o preco do bus era $2,25. Maravilhinha. Ok, resolvi o perrengue. Chego em New Rochelle. 8:15 da manha e tudo fechado. Me pergunto como farei para voltar depois, e eis que encontro na rua A MESMA SENHORA Q ME AJUDOU COM O TROCO. Inacreditavel.
Ela me disse para pegar o 61 depois, que eh o que volta. E o da ida foi o 66 [guarde esta informacao, vai servir mais pra frente no post].

Com tudo fechado, dei umas voltas. Nao gostei muito da cidade. Eh maior do que Larchmont, mas nao tem o charme de folhas caindo e a fofura que Larchmont tem. As pessoas, a maioria latinos. Pela quantidade de lojas que diziam "envio de dinero aqui, para Mexico $... y para Colombia $...", imaginei que os latinos seriam, por maioria, mexicanos e colombianos.
Para esperar abrir algumas lojas e tal, entrei no Super Stop & Shop. Eh um enorme supermercado, me diverti bastante vendo os produtos que fazem sucesso por aqui. Algumas coisas bem curiosas. Nao falarei novamente do tamanho dos pacotes de salgadinho, o baratos que sao os refrigerantes ou as variedades de cookies, ou ficaria repetitivo. Mas ha o que se queira imaginar. Eles tem muito, muito de tudo, muita variedade, muita quantidade, uma secao inteirinha (nao uma gondola, uma secao!) de produtos naturais e organicos, variedades de muffins e cupcakes na padaria, e na secao de sorvetes entao, melhor nem entro em detalhes! Eh muitoooo!
Ateh as famosas balas e pirulitinhos de natal, aqueles listrados de vermelho e branco e sabor menta, que soh vende nesta epoca de festa. Eles tem. De todos os tipos.

Saindo dali, ja era meia manha e o comercio estava bombando. Caminhei, olhei varias coisas, entrei numa loja que vendia artigos de inverno e comprei 1 boina de veludo cotele rosa clarinho e 1 lenco de estampa Burberry mas de fundo tambem rosa claro, combinando. Huahauhuha. To feita uma patricinha!
Depois entrei numa loja de roupas, atraida pelos precos (loooogico!). Comprei 1 casaquinho de trico tipo canguru, cinza chumbo, e um tipo veste-legging, soh que tambem de trico, com motivos natalinos. Esse eh creme.
Depois disso almocei e esperei o onibus. Cometi a torpeza de deixar para ir no onibus de 12:30 (eh claro que vi o horario antes, jah que sao quase de hora em hora). Lembram da informacao do onibus? Pois eh, peguei o 61.
Soh que o 61, saibam voces meninos e meninas, que ele vira na estacao de Larchmont a direita, passa pelo centrinho e vai embora para Mamaroneck... e eu precisava que virasse na estacao a esquerda, era o que eu imaginava porque, afinal, foi a rota que o 66 fez para vir. Ledo engano. Pior foi esperar para ver se ele nao daria apenas uma volta e voltaria a rota original: ele foi mesmo para Mamaroneck e eu sem saber se saltar do onibus em movimento ou esperar acontecer. Esperei.
Quando ele emergiu em Mamaroneck, identifiquei a rua em que estava. Ja tinha estado duas vezes la no sabado, entao decidi arriscar: desci do onibus e comecei a caminhar em sentido de Larchmont, segundo tinhamos ido de carro no sabado. Liguei para a host, porque a essa altura eram quase 13 horas, expliquei a situacao e disse que em meia hora mais ou menos estaria em casa. "Take your time!" ela disse. Otimo. Comecei a andar, andar, andar... ateh em casa sao 1,6 milhas! Alguem calcule por ai, quanto eh em quilometros... deve dar uns 3 acho.
Para encurtar a historia, depois de 50 minutos, de me sentir perdida, orar pedindo a Deus um caminho e de encontrar finalmente uma rua conhecida, cheguei em casa. Quase 2 da tarde!

Dai entao, fui ver com a host como estava tudo. Ela me disse que em 15 minutos iriamos sair para fazer as compras (de carro, claro! Depois dessa, nao quero mais andar por um tempo). Fomos la, num supermercado que fica perto da casa, alias, passei quase que na porta quando voltava na minha peregrinacao! Devo ter passado por essa esquina, e nao o vi. E era um SUPER STOP & SHOP.
Eh claro que quis me enforcar num peh de cebolinha, mas nao contei para a host que tinha estado em New Rochelle quase 2 horas num desses. Huahahuaha.

E depois, finalmente para casa. Cuidar do baby foi a parte mais facil do dia, ele eh um amor.
Parabens para quem leu ateh o fim, se ninguem leu, vou saber entender. Eh para que eu leia daqui a 1 ano quando estiver indo embora e ria do podre que foi minha primeira exploracao da regiao em onibus.

novembro 10, 2009

Segundo dia

Hoje foi - oficialmente - meu segundo dia de trabalho. Foi muito bom e me surpreendi a mim mesma pois consegui por o baby para dormir 3 vezes (ta, na terceira ele acordou apos 2 minutos, mas tah valendo).
E como tive um longo break durante o dia, fiz minha primeira excursao sozinha pela cidade. Fui dar umas voltas, descobrir por mim mesma, no meu ritmo. Comprei um secador de cabelo, que estava me fazendo bastante falta e que achei por um otimo preco, e almocei uma sopa de cenoura e gengibre numa casa de sopas e paes artesanais.
Ah, me surpreendi muito com o tamanho da unica farmacia da cidade. Enooorme, de andar com carrinho de supermercado dentro dela. E com muitas mais coisas alem dos basicos remedios e artigos de higiene. Muita coisa mesmo! Foi la que comprei o secador, e tambem mais duas barras de Lindt. Viciei geral neles!
Falei jah que aqui tudo eh em embalagens grandes? Pilhas em pacotes de 20 unidades, cotonetes de 500... muitas coisas sao assim, tamanho familia!
No Starbucks mesmo, eu nao tomo cafe, mas ja comprei chocolate quente, que eh delicioso. Dica: o tamanho pequeno vai bem! A menos que queira ficar com a barriga feito balao! Serio, os copos sao muitooo grandes!

Amanha soh vou comecar a 1 hora, entao estou pensando em dar um pulo em uma outra cidade perto daqui. Estou louquinha para cair de cabeca em NYC, mas eh pouco tempo para ir amanha... quem sabe peco (do verbo pedir, nao de pecar. Lembrar que nao tenho cedilha aqui) um dia para minha host me dar livre? Veremos.
Estou realmente muito feliz aqui, o lugar eh lindo, as pessoas super simpaticas, a cidade pacata e charmosa, e muito perto de tudo.
E eh isso.
Beijos para todos, estou morrendo de saudades!!!

novembro 09, 2009

First post from USA

Oi people!!!
Nossa, soh agora que vou fazer o primeiro post, e ja faz quase 1 semana que estou aqui... mas eh incrivel, como passa rapido e tambem como as horas na internet sao rapidas, porque aparece familia, amigos, mais amigos, mais amigos, todos perguntando como estah sendo tudo, eu querendo falar com todo mundo e no fim falo com 4 ou 5 ao mesmo tempo, passam 2 ou 3 horas e ainda nao fiz mais nada!
E isso porque hoje finalmente terminei de passar para o orkut as fotos da despedida do Brasil e dos dias de treinamento. Foram 181 fotos!
Por isso, calculem voces que o blog ficou um pouco para atras... mesmo assim teria que ter dado as caras nem que seja para dizer um simples "cheguei".

Consideracoes iniciais:
1- Nao tenho acentos. Nenhum. Para os acentos agudos finais, estou colocando os famosos H (nao, nao eh charme nem crise de adolescentismo). Para os outros acentos e sinais, favor interpretar a frase como um todo. Se nao fizer sentido, volte e comece de novo.
2- Todas as fotos estao no orkut. Talvez deva por no facebook tambem, mas eh uma mao de obra danada. Entao por enquanto fica assim mesmo. Quem quiser ve-las, estah convidadissimo. Favor adicionar Mari Spil (atencao, tem acento agudo no A).

Consideracoes medias:
1- NY eh o que ha de mais louco e ao mesmo tempo maravilhoso! Eh muito bom, minha gente, quem vier como au pair jah digo que desembolse mesmo os 35 doletas e faca o tour, vale a pena, eh bom demais! Lembre-se: eh um lugar que nunca viu, vai zanzar por ai? Principalmente quem vem para o treinamento e depois vai para outra regiao.
2- Aqui tudo eh superlativo... batata frita de mc donalds, pode pedir a pequena. O tamanho eh beeem maior que a 'pequena' do Brasil. Idem para refri em qualquer fast food. Walmart explica por que tem tantos americanos gordos e extrapolando a taxa de colesterol. Lah soh se vende o que ha de mais gorduroso, assucarado (com dois ss se entende q vai uma cedilha?) e cheio de corante. Em pacotes tamanho familia.
3- O outono em Nova York e regioes adjacentes eh lindissimo! Nao ha duas arvores da mesma cor.
4- Desde o school bus ateh os esquilos correndo por ai, aqui eh o lugar onde voce ve aquilo que passa nos filmes.
5- O Halloween ano eh muito criativo, a se julgar pelas decoracoes nas casas.

Consideracoes finais:
1- Nao ha. Porque ainda ha muito o que descobrir.
2- O que dah o porem eh a saudade da familia. Mas dai a gente fala com eles, sacode a poeira e segue em frente. Estou aqui, o negocio eh aproveitar bastante, nao adianta dar lugar para a saudade!

Beijos
Volto a qualquer momento!

novembro 01, 2009

LAST POST FROM BRAZIL!

É isso aí gente! E eu que via tão longe este dia, ele chegou!
Meu D-day!
Huahuaauhha
Serei breve e suscinta porque, believe or not, ainda tenho mala para fechar. É que tem coisas que acrescentei ontem, como por exemplo o que ganhei dos desbravadores... ah, peraí, deixa eu contar direito.

Acontece que me enganaram de novo! Acreditam?
Ontem tinha uma festa. Semana passada, nos desbravadores, chegaram a anunciar uma festa para o pastor, pelo Dia do Pastor e tudo mais... nem desconfiei.
A Verônica ontem veio para casa à noitinha, "pra gente ir junto". Mentira, era para que eu não saísse de casa antes da hora! Huahuahau.
A festa era para mim!!! Cara, eu sou a mais inocente, não pode ser! Huhauahau vários dos Desbravadores estavam lá, tinham decorado tudo com bandeira e balões do Brasil, me deram uma camisa do Brasil, um sabonetinho artesanal que é um pônei rosa (oooohn!) e um lenço de desbravadores em que todos assinaram. Fizeram um powerpoint com fotos minhas e vídeos de depoimentos da gurizada (que no fim não se pode ver, mas tudo bem porque depois vão me mandar). Foi lindo!

Como me sinto? I don't know. Parece que não é comigo. Parece que é logo ali, sei lá, não parece que é por 1 ano. Acho que ainda não caiu a ficha, e talvez só caia mesmo quando estiver lá e acordar em outra cama que não a minha, começar a perceber essa realidade. Não sei como vai ser, só sei que meu Deus estará comigo, e isso é suficientemente reconfortante.

E daí, que hoje recebi um e-mail da minha host mother... ela quer que, assim que eu chegue, tome as vacinas de gripe sazonal e de H1N1... bom, vou confessar que não fiquei lá muito feliz, já que vacinas extras não estavam nos meus planos e principalmente porque tenho mais medo da vacina que da gripe... mas acho que vai ser uma coisa com a qual terei que concordar. Afinal, já pensou se insisto para não me vacinar e pego uma gripe qualquer e passo pro bebê deles? Se me dou a vacina, posso pegar gripe que a responsa não seria mais minha, eu teria feito "a minha parte". Enfim!

Bom, é isso minha gente. O próximo post será direto de terras do Tio Sam. Aguardem!

Ah, queria mandar um beijo especial a todas as blogueiras que me acompanham, especialmente a Liny, com quem começamos quase juntas e ainda iremos para a Europa, a Ariane, que está sempre aqui deixando mensagens de carinho e força, a Andressa, que também vai ficar pertinho e vamos fazer compras em NY, bom, enfim, não vou falar de todo mundo porque vou me esquecer de alguém, Vivian, Vivi, Luanda que também comenta de vez em quando, Marina, Fê Daniele, Carol Coelho, enfim! E também às que não são au pairs mas que desde o princípio deram força e acompanharam com carinho: Thaisinha, Andréa, Simone, Fran...

Beijos!!!

outubro 29, 2009

3 dias

Então, ontem tirei o dia para arrumar as malas.
Já está quase tudo pronto, só faltam mesmo aquelas coisas que ainda vou usar antes de ir, e as que não comprei ainda (lentes novas, renu, etc).

Hoje minha amiga vem para se despedir.
De noite vou ao shopping com mais amigas.
Amanhã vou: cortar o cabelo, ir na orientação pré-embarque, comprar as últimas coisinhas e fechar a conta salário. Deixei tudo para fazer junto, assim aproveito o tempo.

Sábado meu dia de descanso, e para fechar com chave de ouro, vai ser minha última apresentação com o coral. De noite, uma festa surpresa que estamos preparando para o pastor.

E domingo, finalmente, minha partida.
Domingo de manhã devo voltar com o famoso "Last post from Brazil".

E é isso.
Estou meio anestesiada.
Huauahauauha

outubro 27, 2009

5 dias

Agora falta menos 1 dia.
Huhauhauahua

O que fiz:
- Ontem acabei o bendito projeto. No fim, foi bom que ela tivesse me dado de prazo só até ontem, porque assim eu me forcei a acabar logo e tenho o resto da semana para fazer minhas coisas.

- No fim da tarde fui no encontro de futuras au pairs... só tinha eu e mais uma menina de au pair, e as 3 funcionárias. Mas foi ótimo conversar sobre o programa, responder perguntas e mostrar para elas meu projeto (ainda em formato virtual). Agora me sinto um pouco mais segura para mostrá-lo no treinamento lá.

- Chegou meu passaporte com o visto! Todo grampeadinho, mas tudo bem. Meu sonho de consumo é mesmo um passaporte todo carimbado!

- Ia cancelar meu cartão, mas no fim liguei e acabei negociando e transformando em internacional. Sem anuidade.

- O da conta-salário, já liguei e agora tenho que ir lááá no fim do mundo cancelar a conta. Aff! Mas não quero deixar nenhuma pendência, então vou né.

- Comprei umas trufas da Cacau Show para levar para meus hosts também.

Hoje eles me mandaram mais fotos, da parada de Halloween (que já aconteceu por lá), do super-ultra-mega-fofo baby e do meu quarto, que é linnndoooo!!!

E é isso.
Ainda nem comecei a separar as roupas para por na mala. Quer dizer, um pouco comecei, mas falta um monte ainda.
A ansiedade começa a ser sentida assim, com mais intensidade. E tento não pensar no que deixo para trás, focalizando só o que vem pela frente.
Deus me está guiando! Sempre!

outubro 26, 2009

6 dias...

Incrivelmente, acho que consigo terminar o APC project para o encontro de futuras au pairs do STB hoje.
Falta pouquinho, só algumas coisinhas sobre o Brasil.

E eu, não podendo de outra maneira expressar a minha ansiedade (porque não tenho tempo de surtar), estou só comendo. Comendo. COMENDO. COMENDO!!! Muuuito.

Falta:
-Trocar mais uns doletas.
-Cancelar cartão de crédito.
-Ligar para o outro banco para ver se preciso fechar conta-salário ou não.
-Ligar para uma pessoa para cobrar uma graninha aí.
-Comprar presentinho da host e da LCC.
-Separar a roupa.
-Fazer a mala.

Falta chegar:
-Meu passaporte com o visto (deve chegar hoje ou amanhã).
-O cartão de crédito internacional que eles erraram o nome e que mandamos fazer mais uma via.

O que já chegou:
-Meu papai, para se despedir!

O que já houve:
-Sábado à noite meus amigos da igreja, em conluio com a minha mãe (rsrsrs) organizaram uma festa surpresa para mim. Foi assim: tinha uma programação na igreja que terminou às 18:30, só que a minha amiga Verônica já tinha convidado a mim e às outras meninas a irmos "ver um filminho na casa dela". Só que, na hora que terminou a programação, as outras deram desculpas. Uma disse estar com dor de cabeça, a outra que hoje não ia dar, etc etc. Nem me liguei para o fato de que antes tinham saído para "ir no banheiro" e ficaram fora um tempããão, acertando os detalhes. A minha mãe estava informada desde vários dias antes. Todas fingiram muito bem! Huahuaha.
Daí então eu fui com a Vê para a casa dela, estranhei um pouco que ela estivesse tão ansiosa por ver filme, huahauha. Daí o primeiro filme eu já tinha visto, tinha um outro mas o dvd só travou, daí ela entrou em pânico, com medo de não poder me segurar na casa dela, mas eu nem notei. Então ela disse vamos ver um filme na NET então! Pode ser? E eu: pode, claro. Dali a pouco ela inventou de ligar para a que estava com dor de cabeça para ver "se ela não queria vir mesmo", eu estranhei mas não disse nada, só que o namorado dela pegou e falou: "vai falar no telefone lá no quarto!!!" Mais uma vez nem me liguei. Huhauahaua.
A Vê até me perguntou se meu celular estava ligado, se eu tinha avisado a minha mãe que ia para a casa dela, etc. Eu ando bem tansa mesmo, nem percebi nada.

Daí uns 45 minutos depois a minha mãe me liga no celular, dizendo que tinham ligado dos EUA, que ela não tinha entendido muito bem mas que iam ligar de volta em 15 minutos e que era para eu voltar para casa. Aí já viu né? Quer me matar de susto, me larga uma dessas! A Vê na hora: "a gente leva você". No que entro em casa, SURPRESA! minhas amigas estavam lá, tinham feito uma faixa ENOOORME, lindíssima, tinham preparado uma festa, levaram um monte de comida, minha mãe também tinha preparado guloseimas sem que eu notasse, nossa, fiquei sem ação! Huhauahauhaa

Muito bom viu?

Minha cara de surpresa. Minha mãe que tirou a foto.

Amigos!!!

A faixa. Com um dos salmos que mais gosto.

outubro 23, 2009

9 dias, projeto e mais

Aiii minha gente...
Eu não sei mais o que faço.
Huahuahaua

Tenho tantas coisas para resolver, começo por uma, me lembro de outra que é mais urgente, vou atrás, e quando vejo ficou tudo pela metade.
A minha agente me tapeou bonito. No início de outubro quando fui para acertar as coisas do pós-match ela me indicou que ficasse por enquanto com a preocupação do visto, não quis sequer me passar as orientações do projeto da APC, disse que era para deixar para depois do visto, etc e tal. Agora que cheguei do visto, ela me dá 4 dias para fazer o tal do projeto!

E pior: me mandou por e-mail um arquivo com as orientações para o projeto, só que é beeem diferente do que as outras meninas mostraram em seus blogs... e agora? Tô sem saber o que fazer, por onde começar e tal.

Sem contar que tenho mil outras coisas para correr atrás e esse projeto é um perrengue só!
Hunf!
Conselho para quem não tem family ainda: comece o projeto. Procure material do Brasil, da sua região e da cidade, e de possíveis atividades que se podem fazer com crianças (de um modo geral). Assim, vai ser meio caminho andado.

Parece mentira, viu?

outubro 20, 2009

V-DAY

Então, lá vai a frase que tanto esperei poder postar:
I GOT MY VISA!!!

Huahuahauha

Foi muuuito sossegado, muito calmo mesmo, nossa, só fiquei um pouco nervosa quando vi aquela montoeira de senhas e gente, e filas que só os atendentes mesmos conseguiam entender. Mas enfim.

Nem fiquei olhando para a cara dos entrevistadores, para ver quem parecia bonzinho e quem não. Até porque não tinha muito espaço para sentar, então fiquei num banco bastante atrás.
A moça (consul? atendente? consulesa? enfim, seja como for) era jovem, e apesar de não ser muito sorridente foi correta e clara nas perguntas.
Aqui mais ou menos o que se passou:
C= moça do consulado
M= Mariana (eu)

C= Então, vai fazer programa de au pair?
M= Sim.
C= (Em inglês) Você já esteve fora do Brasil antes?
M= Sorry? (insegurança de não ter escutado direito).
C= (repetiu a pergunta).
M= (também em inglês. É que não me lembro exatamente as palavras, então vai em português. Preguiça rules.) Sim, eu sou uruguaia. Morei no Uruguai até os 17 anos, depois vim para o Brasil e estou aqui desde 2002 (já fui falando um monte, pra ela ver que me viro em inglês).

[Parêntese: enquanto eu respondia esta pergunta ela foi olhando os formulários e circulou onde dizia que eu sou uruguaia, etc. Dei uma apavoradinha, mas fiquei firme.]

C= (A partir daqui tudo em inglês, ta?) E como é que você tem cidadania brasileira?
M= Porque minha mãe é brasileira.
C= Ahh, sua mãe é brasileira...
E o que seus pais fazem?
M= Minha mãe é decoradora e crafter. Meu pai é engenheiro agrônomo. [daí ela lia e teclava alguma coisa. Quis falar mais um pouco, então disse:] Ele trabalha com venda de produtos agronômicos atualmente.
C= Hum, e o que você faz?
M= Eu sou estilista, me formei em 2007 e desde então tenho trabalhado com moda até agosto passado.

Aqui ela teclou um monte e depois disse:
C= (em português agora) Ok, pode ir pagar esta taxa aqui (entregou papelzinho) ali no caixa e volte aqui.
M= ok.

Daí fui para a fila do caixa, no meio da fila começo a pensar: bom, se ela me deu para pagar a taxa é porque foi concedido, né? Até pensei em perguntar para o cara que estava atrás de mim, mas fiquei com vergonha, hauhauhaua. Paguei. Voltei. No guichê tinha um pai e uma filha adolescente que estavam tentando tirar o visto para que a garota fosse para lá com a avó. Não conseguiram.

C= Ok, visto concedido! Pegue este papel e pague o sedex lá fora. Boa viagem!

E foi assim, fácil. Huhauahuahaua.
Não teve perguntas sobre a family, sobre a criança, não me pediram carta de custeio, diploma, extrato bancário, nada. NADA. Acreditam? Nem eu.
Na boa, já passei por entrevistas beeem piores.
Huahuahuaha.
Até meu vestibular, que foi absolutamente tranquilo, foi mais dificil do que a entrevista de hoje.
Huhauahuaha.
Tô tão feliz!!!

Ai gente, onze dias agora. Mas também, só falta a mala e pronto! Voaaaar!
Recebi um e-mail bem lindo da host. Mas fica para outra vez.
Amanhã à noite volto para Floripa.

E muito, muito obrigada para todas que torceram por mim, eu sei que tinha bastante gente torcendo pelo sucesso da minha entrevista, não vou mencionar todas porque vou acabar esquecendo de alguém, mas elas sabem quem são. Eu adoro vocês!!!

Bjão para todas!
NY, lá vou eu!!!

outubro 19, 2009

Em SP

Amanhã é meu V-day.

E eu que pensei que esse dia nunca chegaria.
Surreal demais, e pensar que eu lia nos blogs das outras meninas, e parecia que estava tão longe...

E agora parece que nem é comigo.
E estou suuuper sossegada.
E aproveitando para ser mimada pela vovó por aqui. :P

Então, só passei para dizer que estou viva, hoje já passeei sozinha pela Liberdade, depois andei até a 25 de março e cometi um desatino com as compras, rsrs. Mas consegui o que queria, inclusive os presentinhos para os hosts e o baby e para "meu povo" lá em Floripa City.
Amooo comprar! (será que alguém notou? rs).

Então, aceito orações e pensamentos positivos para amanhã.
Bjos!

outubro 16, 2009

Tudo pronto

Então, aos 45 minutos do segundo tempo, terminei com todos os documentos para o visto.
Ainda tem um documento adicional que, talvez, a empresa que meu pai trabalha vai enviar direto para SP porque senão não vai dar tempo (eu sou chique, bem).

Amanhã à noite pego o ônibus para São Paulo, aproveito para passear, e terça feira é o visto.
Minha vovó que é um amor e muito mais preocupada do que eu, e que mora lá (é lá que vou ficar) já viu qual é o ônibus que preciso pegar perto da casa dela e que vai direto para o Morumbi e me deixa a 4 quadras do Consulado. Já conversou com o motorista e sabe até onde que preciso descer.
Minha vó não é dez?

Hoje minha agente já separou todos os documentos em 2 envelopes, segundo a sua relevância. Peguei também a PID e comprei uns presentinhos folclóricos para levar para os hosts. Comprei: 1 cambuquinha de cerâmica decorada, 1 miniatura do rebolo usado para fazer renda de bilro (aquela almofada cilíndrica, sabem?), 1 ímã de geladeira de boi-de-mamão e uma outra coisinha que achei muito bonitinha, um passarinho feito de palha de milho montado em cima de uma pregadeira de roupa. Depois que voltar de SP (porque hoje está tudo super corrido) tiro foto para mostrar.

Agora só falta a mochila que comecei a arrumar mas estou sem ânimo. Detesto ter que fazer as malas! Huahuahaua. Separar roupa, pensar com que roupa vou viajar, etc... Amanhã (em cima do laço, lóóógico) a termino.

Ah mais uma coisa.
Meu pai solicitou um cartão citibank internacional para mim, sem anuidade nem nada, então nem me preocupei em tirar o Visa Travel Money. Pois eis que hoje me chega o tal do cartão aqui na porta, e o nome está escrito errado.
Coisa linda, né?
Eu já suspeitava disso, porque quando chegou a senha (há alguns dias) o nome no envelope também estava errado. Mas ligamos para o atendimento e disseram que o nome no cartão iria vir certo.
Coisa mais linda ainda, né?
Mas já falei com meu pai e ele disse que já tinha solicitado a 2a via, prevendo que mesmo assim o nome chegaria errado (papai também é dez!). Enntão, deve chegar em 10 dias, mais ou menos.
Isso, ou vão ter que me mandar o cartão por correio a Larchmont.
E depois os atendentes de telemarketing, quando a gente diz que não quer cartão coisa nenhuma, ficam perguntando por que. Eis a resposta, taí ó!

E é isso.
Não estou nervosa. Nem ansiosa. Só comendo feito uma vaca, mas tá bom.

Vou com Deus, que está sempre comigo e que guia cada passo que eu dou. É meu Deus que me trouxe até aqui, e Ele que irá me guiar aonde eu for.
O que for para ser, Deus há de providenciar.

Tenham um bom sábado!

Ah, agora voltarei, se Deus quiser, só para falar "I got my Visa".
Orem por mim.

outubro 14, 2009

Correria

Ontem fui comprar minhas passagens para SP.
Vou sábado à noite, dia 17.
Faltam 3 dias para ir e ainda me faltam MUITOSSS documentos para arranjar.
E nem terminei de preencher os formulários.
Pode isso?

Fui fazer a PID ontem também. Daqui a uns dias vai estar pronta.

Faltam 18 dias para meu D-day.
Faltam 6 dias para meu V-day.
Pergunta se eu estou nervosa?
Não, não estou. Não tenho tempo.

E também falta o bendito projeto da APC. Cocozinho.

Ah, uma coisa boa, só para pontuar:
Então, eu deixei para a última hora para solicitar aquele kit da Embratur, que todas conhecem e que é quase "tradicional" mandar ou levar para a host family. Além do mais, o host father já veio para o Brasil, e conhece o Rio, Manaus, Fortaleza... então, resumindo, achei que melhor nem solicitar o tal kit, que ainda levaria 1 mes ou mais para chegar e corria risco de chegar depois que eu tivesse ido embora. Então me ocorreu procurar o órgão estadual de turismo, para quem sabe levar um material só de Santa Catarina.
Ontem fui à Santur, então, que é o que cuida disso tudo. Me deram: guia bilíngue, guia de turismo-aventura em inglês, uns tipo passaportezinhos com informações de cada região do Estado também em inglês, um DVD (na verdade, 2 cópias) em várias línguas e até um livro enorme cheio de fotografias, esse sobre o Brasil em geral.
Muito legal mesmo!

Talvez ainda vá na secretaria municipal de turismo, se der tempo. Quem sabe, eles tem algum material em inglês que seja especificamente sobre Florianópolis.

E é isso, minhas novidades.

outubro 07, 2009

25 dias

Então, agora falta menos. :)

Ontem fiz várias ligações e tentei (aham) preencher os formulários 156, 157 e 158. Tentei. Não consegui me entender com os programas e afins. Decidi deixar para que meu irmão (gênio!) resolvesse quando voltasse, e isso fez. Ótimo.

Então, com as várias ligações acabei descobrindo que, para fazer a PID estando ainda em PPD, unicamente pela Touring. O que raios essa tal de Touring faz não sei, já que nem o Detran está habilitado a fazer isso. Será que é tudo legal? Espero que sim. :)

Hoje separei o dia para vários compromissos: de manhã saí para ir no laboratório fazer exame de tipo sanguíneo. Devo ser a pessoa mais "idosa" que quer saber o tipo sanguíneo, mas tudo tem uma explicação, que não vem ao caso. Huahuahaua. Então, amanhã vou saber que "tipinho de gente" eu sou.

Ia também receber meu seguro desemprego, mas não pude. Os benditos bancos, que estão em greve. Blergh! Isso me traz outras complicações, como fechamento de conta e cancelamento de cartão (pelo telefone eles não atendem... sei lá por quê. Vai lá que o telemarketing também está de greve, rs). Enfim, espero que resolvam isso antes de que eu vá embora, porque não quero ter de deixar coisas sem resolver.

Depois voltei, almocei e me dediquei a fazer um bolo para levar na escolinha na hora do lanche. Fiquei de ir lá para me despedir das crianças, então reservei a tarde para isso. Foi ótimo!

E agora à noite meu pai me diz pelo msn que já me enviou os documentos (carta de custeio, cópia de propriedade do carro, etc e tal) que tinha pedido. Que fofo meu papai! Conseguiu tudo em 48 horas!

E a host mom me mandou um link para um álbum do Picasa com fotos deles e do baby... lindas fotos! Fiquei tão feliz!

Então, bora tentar preencher os formulários novamente. Agora sei como, graças a São Fabián. Hehehehe.

outubro 05, 2009

Visto marcado

Meninas, que bom é chegar aqui e ver suas respostas e comentários. Eu adoro todas vocês!

Então, vou levar cópia de documento de carro, extratos bancários e por aí vai... dizem por aí que não estão pedindo nada, mas até lá vão ser dias tensos. O meu caso é ainda mais tenso: fui demitida no fim de agosto e não estou estudando mais. Mas, com a graça de Deus, tudo irá dar certo.

Então, já marquei meu visto para dia 20 de outubro, terça feira, às 7:30. Eu preferia ter marcado para dia 16, que é sexta e eu passaria o fds em Sampa, terrinha boa da qual sinto muitas saudades. Mas enfim, como meu placement pack tem prazo para chegar até dia 15, ficaria muito corrido e meus nervos não aguentariam, hehehe. Melhor marcar com uma folguinha mesmo.

Mais um perrenguezinho apareceu. Coisinha pouca, básica até.
Acontece que eu ainda estou em PPD.
E o Detran diz que não pode tirar PID sem ser com CNH definitivo.
Alguém tem uma ideia aí? Alguém fez? Eu sei que muitas meninas conseguiram fazer, se alguém puder me explicar como, agradeço.

Como podem ver, estou bem pidona mesmo. Huahuahuaa.

Ah, hoje fui no Citibank pagar a taxa do consulado e aproveitei para trocar mais uns dólares.
Foi tão lindo receber aquele comprovante de pagamento, todo oficial e bonitinho... senti a adrenalina.
Huahuahuaa.

Faltam só 27 dias hoje.

outubro 04, 2009

Malas e questões

Então, comprei as malas.
Achei uma oferta bem legal: a mala grande + a sacola de mão por R$ 180,00.
E são da Primicia (tá, esse nome também não me dizia nada, mas a minha mãe diz que é bem conhecida e boa).
Foi uma oferta numa dessas lojas de malas bem caras.

Conselho para quem vai comprar as malas: vá em shoppings, entre nas lojas caras e veja as ofertas. Eu achei duas lojas diferentes com muito boas peças com preços bem razoáveis.

E minha modelete preferida fazendo pose com as malas:



Uma pequena questão com os documentos, se alguém ja passou por igual situação e quiser me contar como foi, agradeço:
Acontece que, como todo mundo sabe, para o visto temos que levar todo documento que possa criar um vínculo com o Brasil. E também carta de custeio e tudo mais.
Minha encrenca é a declaração de imposto de renda, porque aqui em casa ninguém precisa declarar. Aliás, eu que vou custear minha viagem, já que meu pai trabalha como vendedor autônomo e minha mãe é artesã e portanto também não paga imposto. Eu trabalhei até o fim de agosto, quando fui demitida.
A agente me aconselhou a levar cópia de propriedade de carro, ou de casa (se tivesse, mas também não é o caso porque pagamos aluguel). Mas gostaria de saber se alguém já passou por situação parecida.

E é isso aí.
Essa semana, muitas coisas para ir atrás. E ainda acampamento dos Desbravadores, impossível fugir. Mas vai ser muito bom e vai me ajudar a controlar a tensão um pouco.

outubro 02, 2009

Resolvendo coisinhas

Como boa menina que quis ser au pair e passou por todo o processo (tá, confesso que o meu passou longe de ser sofrido, mas os últimos dias me deixaram num estado de agitação que fazia tempo não tinha), ao sair a notícia do match oficial acontece de ficar um pouco... anestesiada, digamos.

Mas, como meu caso foi rápido em tudo, nada como um prazinho apertado para resolver tudo. Como outubro tem 31 dias, me foi concedida a graça desse dia extra. A partir de hoje, 31 dias para o meu embarque!
É de se esperar que haja muitas coisas para resolver até lá.
(até aqui, reparem no tom que beira a formalidade. Estou, realmente, em estado alfa. De sono, digo).

Eeentão, tudo que fiz hoje:

-Acordei às 7 horas e fui ao dentista, debaixo de chuva. Revisão e um gratificante: "Ok, pode ir em paz. É só caprichar na escovação."

-Tentei ligar para o banco para cancelar meu cartão. TENTEI, é a palavra. Não consegui falar com um atendente. Será que vou amanhã pessoalmente rodar a baiana ou seria demasiadamente indigno de minha parte?

-Liguei para a escolinha, contei sobre meu match e avisei que não vou mais. A partir de agora, preparativos de viagem, despedidas e curtir mooooito a minha família.

-À tarde: mesmo chovendo, fui com mamãe e minha irmãzinha Fernanda no STB, para acabar o pagamento do programa. Falei também com a moça que a partir de agora se encarregará de meus papéis do visto, bem simpática ela. Mamãe tirou várias dúvidas também e ficou mais tranquila, a não ser quando começaram a falar dos documentos a providenciar para o visto. Porque, nem eu nem ninguém da minha família nem ninguém que conheçamos com suficiente confiança é declarante de imposto de renda, ou seja que a coisa vai ser um pouquinho mais complicada. Mas Deus está comigo.

-Depois: fomos andando até o shopping atrás do bendito cd do Palavra Cantada e de oferta de malas. No fim, comprei o cd do Palavra, mas voltei depois de 30 segundos para trocá-lo por um de Vinícius e Toquinho que minha mãe viu, e que além de mais bacana neste caso, era mais barato também. Foi um rolo só, porque já eram mais de 19 h e eu precisava estar na igreja às 20, mas no fim deu tudo certo. Para completar a troca (porque de qqer maneira não me devolveriam o $$$), comprei um caderninho bem fofo para anotar meu planejamento de viagem, lugares a visitar, orçamento, etc. É, me chamam "Maria dos cadernos" (ok, ninguém me chama assim, mas poderia ser).

-Ah, comprei a mala! Amanhã tiro foto e conto o causo.

-E voltei para casa, de busão, com mamãe, Fernanda dormindo e a mala (malooona) a tiracolo. Chovendo. E chamei um taxi e fui correndo passar buscar a minha amiga e pra igreja! Mas super valeu a pena, o estudo foi ótimo. Ahh, vou sentir saudades desses estudos de 5a feira! E das meninas também. Já contei a elas e ao pastor sobre minha viagem já marcada.

-E pronto, finalmente despenquei aqui em casa. E estou no note até agora. Huhauahaua. São 2 da manhã, mas amanhã não tenho hora para levantar. E com esta chuvinha, vou dormir mesmo!

setembro 30, 2009

Match Oficial!

Agora sim!!!

Comemoração total!!!

Saiu no au pair room... agora é oficial que vou para NY!
You have matched with the Thompson family, and are scheduled to arrive in the United States on 02.11.2009 for your Orientation program in New Jersey.
E agora? Agora a correr atrás de tudo, ir na agência (amanhã mesmo!), providenciar tudo que falta, porque o tempo é bem curto! 1 mes!!!

Gente, vocês nem imaginam o que foi meu dia... de manhã muita, muita ansiedade e acho que aumentei uns 3 quilos só hoje, porque quando estou ansiosa só mastigo! Foi bolacha, fruta, pão, bala, doce, etc etc etc... tenho que perder essa mania, senão quando for embarcar vão me cobrar excesso de bagagem... no corpo!
De tarde ainda bem que fui na escolinha... senão, seria outra comilança. Mas enfim, quando cheguei em casa, manhê disse que a Evelise (minha agente) tinha ligado e que o match é oficial!

Daí, acho que ainda estou meio anestesiada, não caiu a ficha ainda... caraca, daqui a 30 dias vou estar voando! Rumo aos Estados Unidos! Rumo a Nova York!

Ai povo... vou tentar dormir. Programão para amanhã: dentista às 8 h.
Ninguém merece! Mas preciso fazer uma revisão, né?
De tarde: agência (vou com minha mãe para a deixar um pouco mais tranquila e para que tranquilize meu pai) e shopping: vou à procura de um cd do Palavra Cantada que quero levar para o pequeno Barrett e para ver se tem alguma promoção de malas.

E já disse que a Andressa fechou exatamente o mesmo dia que eu, recebeu o match oficial exatamente o mesmo dia que eu e vai para a mesma região? Não disse? Pois estou dizendo agora. Huhauahaua vamos abalar NY!!!

E provavelmente vou no mesmo voo da Vivian. Huhauahuaha.

E minha agente já falou que é para ir preparando o projetinho da APC. Ou seja, meninas da APC, parece que precisa sim... ou só alguns exigem. Sei lá! Pelas dúvidas, amanhã vou conversar com a Evelise, vai que não precisa mesmo né?

E é isso meu povo.

Um recado para quem está no processo, para quem está começando, para quem espera aceite, family, dia V, para quem está para embarcar, enfim, para todas:

CONFIEM EM DEUS

Nada, absolutamente nada acontece sem que ele saiba. Nem uma lágrima, nem um sorriso. Nem um fio de cabelo cai sem que Ele deixe. Nada, nada, nada. Ele sabe absolutamente tudo, Ele vê o desfecho de cada questão, antes mesmo de que comece. Nós só vemos um pedacinho à nossa frente, um pedacinho de estrada... Ele vê a estrada completa! Ele sabe exatamente o que é melhor para você e para mim!

"Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará." (Salmos 37:5)

Deixa nas mãos de Deus e tudo dará certo!!!

setembro 29, 2009

E então...

I have a match!

Huahuahauhauahua

Então, eles não conseguiram ligar para minhas referências ainda, mas me falaram que já pediram o match e que vão ligar para as referências amanhã mesmo assim.

Ai, estou tão feliz!
De qualquer maneira, não me sinto confiante para comemorar até que não receba algum comunicado da APC de que o match está oficialmente aceito pela agência. Huhauahuaha.
É que é tão bom para ser verdade!

setembro 27, 2009

2a ligação!

Então, hoje tivemos a tão esperada segunda ligação. Foi muito boa e muito produtiva, eu que pensava que eles já tinham desistido de mim.
Me perguntaram várias coisas, inclusive umas perguntas-teste, tipo o que fazer quando o baby chora, ou como saber que precisa ligar para eles. Eles estavam mais à vontade para me fazer perguntas, e eu também, é claro. Mesmo assim, da outra vez eu falei a maior parte do tempo sem câmera, e desta vez estava com ela ligada desde o início... acho que isso me deixou um pouco insegura e algumas frases travavam... enfim, eles são super amáveis e entenderam, e o que não entendiam procuravam fazer um esforço para entender. Da mesma maneira, falam bem devagar para que eu entenda, e repetem sem problema.
Enfim, eu adorei conversar com eles, eles gostaram de mim também, ou pelo menos isso falaram e isso pareceu, e agora vão ligar para minhas referências (!!!) e tomar uma decisão ainda esta semana.

Se der, é para ir no início de novembro.

Me perguntaram se estou preparada para ir tão cedo. Eu disse que estou preparada desde que comecei a pensar no programa, em março.

E é assim, sonhando, pensando, ponderando e esperando uns dias, confiando e esperando no Senhor, para que tudo que aconteça seja pela Sua vontade.

setembro 26, 2009

Amanhã...

Cheguei a pensar que era carta fora do baralho, mas não!

Amanhã será a segunda ligação.

Espero voltar com good news.

Orem por mim!

setembro 24, 2009

Ligação!

Gente, eu pensei que nunca chegaria a este ponto da ligação... nossa, é muito surreal!

Então, eles me ligaram super pontuais às 11. Conversamos por 1 hora pelo skype, a câmera deles ligada, a minha não porque não tinha descoberto como funciona (tapa na testa please).

Adorei eles, são super simpáticos, o bebê é muito cute-cute e parece calminho, dormiu a maior parte do tempo durante a entrevista. E eles parece que gostaram de mim também, porque querem agendar uma segunda ligação já para domingo ou segunda feira!

Vamos aos dados:

* A cidade é Larchmont, subúrbio de New York e fica a 30 minutos de trem. Então, eles deixaram claro que o interesse deles não é que a au pair dirija, pelo menos por enquanto. Eu não me preocupo muito com esta questão: apesar de saber e de todo mundo falar que nos EUA "não é possível viver sem carro", eu digo que é um alívio não ter esta responsabilidade. Eu me viro muito bem, obrigada andando a pé e pegando trem/ônibus/whatever. Sempre foi assim, eu não dirigia antes do programa mesmo. Aliás, acho sinceramente que é uma das melhores maneiras de se conhecer um lugar, pegar um ônibus e perambular por aí. Eeentão, este definitivamente NÃO SERÁ critério para mim.

* Eles se mostraram muito abertos em relação à minha religião, inclusive não viram inconvenientes em que guarde o sábado. Isso para mim é um BIG ponto positivo, pois é quase minha única reivindicação.

* Cuidar de um bebê, que mais posso querer? Uma pessoinha cute-cute que será ela e só ela, não três ou quatro e mais o baby. A mãe frisou que precisa de alguém muito comprometido com o trabalho, ou seja que enquanto cuida do baby seja O BABY E NADA MAIS. Concordo plenamente com isso, não iria exigir menos se fosse meu filho.

* A mãe trabalha em NY, o pai trabalha quase sempre em casa, mas tem um escritório no terceiro andar. Não vi inconveniente nisso.

* Primeira au pair deles (dãããrrr, sério?). Já foi dito que essa situação é ótima.

* Todas as facilidades de se morar logo ali do lado de NY. E num daqueles subúrbios tipo filme americano, saca?

Bom, algumas perguntas ficaram por fazer. Tenho certeza que eles também vão querer saber algumas coisas mais que se esqueceram agora.
E é isso, gostei muito de falar com eles, não sei se existe o tal "plim" mas eu senti uma grande empatia com eles, e tal, agora vou pegar estes 3 ou 4 dias até a próxima ligação para pensar, ponderar e "ruminar" bem tudo que aconteceu e tudo que foi falado. Se vem match a caminho? Não sei... eles me pareceram bem dispostos a fechar mas com certa cautela, lógico. Mas querem conversar novamente e isso é bom sinal, né? Por minha parte, certo que faltou perguntar algumas coisinhas, mas acho que fecharia com eles sim.

E é isso.
Ah! Minha agente já me ligou para saber como foi a entrevista. Ela está bem interessada também. Heheheh.

setembro 23, 2009

Mais detalhes

Então, agora que estou um pouco mais calma e consegui assimilar um pouco a surpresa, vou contar mais deste primeiro contato.

A hostmom me mandou e-mail ontem, mas fui abrir só hoje de manhã. Não perguntava nada, queria já marcar uma entrevista telefônica para esta semana e passava os horários que eles iriam poder, e que era para que eu mandasse os meus horários para ver quando poderiam ligar. Ela pretende resolver o match até 1o de outubro, para que a au pair embarque já em novembro. Legal, né?

Enviei em detalhe meus horários, em hora brasileira. Isso foi pelas 10 da manhã.
Pelo meio dia ela me manda um e-mail para confirmar que fuso horário tem aqui, para ver quanto temos de diferença e tal. Ali ela já me confirmou que seria uma ligação por skype (oba!) e perguntou se tenho video. Beleza. Respondi.
Pouco depois ela confirmou que amanhã vai me ligar pelas 11 da manhã do Brasil. De tarde já me mandou fotos deles e do baby. Fofo, fofo, fofo!

A cidade é a 30 minutos de NY, já estive dando uma olhada no Google Earth, nossa, parece mesmo com os filmes americanos! Um lugar MARA!

Ah, pouco depois de fazer o post anterior, liguei novamente para minha agente. Ela disse que não há problema que seja um bebê mesmo que eu não tenha under 2, isso é a família que decide e a agência não interfere. Que feliz!

Então, agora estou estudando perguntas e respostas e me preparando para amanhã. Eu sei que, se for da vontade de Deus, tudo dará certo!

Sei que é difícil alguém fechar com a primeira família que aparece, mas... sei também que isso é possível! E que nada acontece sem que Deus aprove.
Estou na expectativa.

Primeira Family!!! Nem acredito!

Ai gente, estou tão feliz!
Apareceu a primeira família! E eles querem marcar entrevista telefônica, assim, do nada!
Hhuahauahuahuahua

Parecem super legais, são do estado de New York (!!!!), tudo lindo e maravilhoso mas um pequeno porém:
é para cuidar de 1 menino recém nascido. Problema: eu não tenho under 2, só umas horinhas isoladas que não chegam nem a 20, quanto mais a 200.
Ou seja, a APC não vai aceitar, certo?
Ou será que tem jeito?
Alguém sabe?

Liguei para minha agente para me informar, mas ela não chegou ainda. Esperar um pouquinho...

setembro 17, 2009

Online!!!

Dear Mariana:

Congratulations! Your application has been approved and is currently being reviewed by host families. AuPairCare au pairs typically match within 2 weeks of acceptance to the program.


YESSS!!!

Estou online!!!

Não esperava tão cedo, ebaaaa!

Abri meu e-mail agora há pouco, de manhã cedinho e me deparei com esta surpresa, nossa, nem acredito!

Força & fé! Sempre!

setembro 14, 2009

13 dias

Agora faz 13 dias que entreguei meu app. Estou tranquila porque sei que deve demorar ainda, acredito que uns 10 ou 15 dias. No problem, estou me preparando copiando no meu caderninho perguntas para fazer e para responder caso me façam, e vendo episódios de Grey's Anatomy. Viciei. Huahuahuahau.

Ah, primeiro um parabéns a Liny, que teve seu aceite na sexta feira. O processo dela vai paralelo ao meu, até pela mesma agência (APC) e o tenho acompanhado desde cedo, por isso é uma das au pairs mais (se não a mais) próximas que tenho.
E também para a Vivi, que a estas horas já está instalada no hotel (ou na escola) em que fará o treinamento. Boa sorte Vivi!
E para todas nós, que essa seja uma ótima semana, que as que esperam novidades as recebam e que as que, como eu, sabem que teremos que esperar mais um pouco, saibamos esperar com tranquilidade.
Força & fé!

setembro 09, 2009

1 semana, ansiedade, perguntas, etc.

Então, entreguei meu app há 1 semana.
Correção, 8 dias.
Não estou assim, ansioooosa. Ainda. Mas não nego que estou à espera.
Decidi pegar meus arquivinhos que já baixei há meses, de "perguntas para hosts families" e "perguntas que as hosts families costumam fazer", e transcrevê-los a mão. Sabe como é, né? Quando alguém ligar, talvez não esteja com o pc ligado. E também, não consigo me concentrar lendo na tela do pc (manias minhas, ou manhas, vai saber).

E também tenho entrado bastante no GAP, atrás de families. Adiciones várias, algumas me enviaram aquela mensagem instantanea de "não estamos interessados". Nenhuma, até agora, mandou um e-mail de caráter positivo.

E continuo entrando no Au Pair Room, dia sim, dia também. Só pra ver se muda alguma coisa ou se me aparece alguma mensagem do tipo: "Você excedeu sua cota de acessos deste mes. Volte mes que vem".

E cuidando das crianças na creche pelas tardes. Aparentemente, vão me empregar lá até quando eu vá viajar. Legal né?

E alguém das que estão lá, embarcando ou como eu, esperando o aceite, parou para pensar que provavelmente passaremos lá a Copa?
Que legal né? Ver um evento mundial assim, sob a perspectiva de um país tão diferente, onde o futebol não tem nem de perto a importância e o papel que tem por aqui, que nem sequer se chama futebol e sim "soccer" (nome que, particularmente, não gosto nem um pouco. Não é sonoro, parece video game! Heheheheh.)

E é isso.
Tô aguada aqui de tanta chuva.

setembro 05, 2009

Novidades no au pair room

Eu submeti o app online no dia 1 de setembro (terça feira).
No mesmo dia à noite entrei no au pair room porque sou chata, ansiosa e controladora (rsrs) e queria ver se tinha algo diferente.
Dizia que meu application já havia sido submetido e que eu tinha 10 fotos acrescentadas no meu perfil e que elas não tinham sido revisadas ainda, e pude vê-las (me lembrei quais eram as que tinha adicionado, porque antes não apareciam).
Dia 3 de setembro à noite, entrei para dar uma espiada (já disse que sou chata, ansiosa e controladora? Não? Ah ta) e o que tinha lá? Uma mensagem dizendo que sete das minhas fotos tinham sido selecionadas para compartilhar com as famílias que eventualmente vissem meu perfil, e que as outras três não tinham sido selecionadas.
Ou seja, o povo da AuPairCare já viu minhas fotos, e provavelmente está examinando (ou já examinou, rsrs) meu perfil online.
Mandei um e-mail para minha agente perguntando se era isso, se efetivamente eles estariam examinando. Ela confirmou.
EEEEEE!!!
Então, estou cheia de esperança.

setembro 02, 2009

Entreguei app!

É isso aí, finalmente está entregue o bichinho.
Ontem liguei de manhã para o meu pastor, que apesar de ter várias igrejas a seu comando e, portanto, ter seu tempo bastante corrido, nem piscou para me conceder 15 minutinhos ontem mesmo. Então, à tarde fui levar o personal reference para que ele preenchesse. Ficou bem bacaninha e bem redigido em inglês também, já que o pastor morou vários anos nos EUA e no Canadá.
Pertinho da igreja já tinha um xerox, então tirei cópia de tudo.
Me abalei para o centro, consegui chegar no STB às 16:30 e fiquei lá até as 18 h revisando tudo com minha agente. Eu já tinha feito isto em casa, mas ela preferiu revisar todos os dados do app online e me deu o mouse para que eu mesma desse o "Submit" quando terminamos. Foi emocionante!
Estava tudo direitinho e ela falou que hoje já enviaria para São Paulo. Tem que ser revisado pela agência central em SP, eu nem sabia disso!
Perguntei qual era a estimativa de tempo para sair o aceite. Caí para trás. Ela estima 3 meses em média. Caraaaca!
Mas disse que o meu está todo certinho, que provavelmente saia antes. I wish!

E à noite fui tomar um sorvete com amigas queridas, algumas que também estão tomando novos rumos, outras que ficam e que, quando eu for, sentirei muuuitas saudades. Muitas fofoquinhas, risadas, etc. Muito bom!
E é isso.
Agora, a esperar esse aceite sair!

Edit: Mudei o layout. Agora meu foco está lá, no horizonte. Aonde Deus me levar. E estou assim, tranquila e confiando em Deus, porque NADA acontece sob o sol sem que Deus aprove.

setembro 01, 2009

O tempo de Deus é perfeito

Então, agora estou desempregada.
Não esperava por isso, mas também não lamento. Eu sei que foi o melhor que me pode acontecer, porque Deus está no comando.
E vai dar tudo certo! Amanhã pretendo sair para resolver as questões que faltam e entregar meu app.
Depois disso, a buscar famílias no GAP, que aceitem entrar para a APC.

E a subida ao Cambirela foi um sucesso.
Me doem todos os músculos dos braços e das pernas, mas estou ótima.
Vejam se não valeu a pena:Nem um décimo da beleza original, mas dá pra ter uma ideia.

Mais fotos, no meu orkut. Me adicionem: mári spil.
Só digam quem é, porque andaram me adicionando pessoas que não parecem fakes mas que nunca vi na vida.
E é isso pessoal.
E eu vou acabar de upar essas fotos e vou dormir, que amanhã começa uma outra etapa da minha vida. Mais uma guinada! Heehhee.

agosto 25, 2009

Letter

Demorou, mas saiu!
Minha letter.
Por favor, me ajudem. Leiam, opinem, critiquem, digam o que está ruim. Porque eu, a esta altura do dia (lá se vão quase 8 horas no pc, a maioria lutando com a tal da carta) eu já não consigo distinguir mais nada.

Dear family,

My name is Mariana, but my family and friends call me Mari. I am 25 years old and I am very pleased to talk to you. Let me tell something about me.

I live in a beautiful city called Florianópolis, wich is located in Brazil’s south region. There are a lot of beaches here (almost 40), some calm, but others very rough. These ones are surfer’s favorites. I live here with my family: my mother and father, my brother, who is 21 years old and my sisters. I have two sisters: Carolina, who is 23 years old, and Maria Fernanda, who is almost 5. She is the little princess of the family, and I have been helping my mother taking care and playing with her since she was a baby. Presently, we have a great time together in the afternoon, playing and learning new thing for her age, like reading and writing.

I describe myself as a patient, calm and responsible person. I love to read, write, draw, travel, practicing sports and know new people and new places. I love my family and enjoy spending time with them. I am also funny, enthusiastic and creative, that is going to help with the children, because I love to create new games and ways to have fun. I have a true respect for children in each phase of their development. I think every child has different needs, and part of the responsibility of take care is to perceive that need and try to supply it in the best way.

I am graduated in Fashion Design at Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) and I am currently working in the area. It is a good course to stimulate creativity, especially for arts, crafts, drawing, but in general too, for example finding creative solutions for several situations. By the way, I am always looking for something new to learn. I love to study and learn new things, not only about my career. I am Adventist, and learning about Christ and reading the Bible are some of my favorite studies.

I have been working as a volunteer in a school. It is called “Arte & Saber” and there goes children from 3 months to 6 years old. I am used to help the teachers with anything it is necessary: with the babies, I entertain and play with them or put in bed. With the elder children I play, help to wash their hands, to brush teeth, to comb hair, at snack time and with arts activities. In sunny days, we go to the backyard and play see-saw and swing. One day, I did a puppet theatre play. All the children loved to see!

In the other hand, I am a counselor at the “Desbravadores”, a kind of scout’s organization from the Adventist Church. At the “Desbravadores”, I am responsible of a girl’s unit. There are eight girls with 10 to 15 years old. The whole club has about 35 kids (boys and girls), organized in five unities. I have gone with them to a three day’s camp this year, it was very funny! We learned about natural life, hiked, took river bath and many other camp activities. At Sundays we have regular meetings and sometimes we do food raisings and visits. The kids (specially the girls of my unit, whom I have more contact) really likes me and I love they too.

About the au pair program, my interest on being an au pair is because I love children and I think it is a good way to do a pleasant work and gain new experiences, growing as a person. By the way, it is a great opportunity to improve my English skills, know new places and people and learn about the American culture. I would to spend this year being a “Big Sister”, taking care, playing, teaching, learning and discovering, being a part of a lovely family, maybe your family.

I hope to hear from you soon.

Sincerely,

Mariana Alza Spilborghs


Me inspirei em várias letters das meninas, fiz uma mistureba danada, troquei aqui e ali e depois destroquei de novo, enfim, um rolo só. Por favor, me digam o que acharam.

E as fotocolagens, ahhh pode ser que amanhã ou quinta saiam. Vamos ver.

agosto 24, 2009

Semana para terminar

Então, já levo 40 horas na creche (algumas under 2, que irão somando para o caso de que cheguem a 200 antes do meu match sair). Esta semana é a última que irei todos os dias.
Sexta levarei o formulário de referência para a dona da creche assinar.
Tenho que fazer um tempinho na semana para levar o personal reference para o pastor assinar. Ou então sábado depois do por-do-sol, mas não é certeza de encontrá-lo na igreja. Enfim.

Check list:
Fotos 5X7 - OK
Cópia PPD - falta tirar
Cópia de passaporte - falta tirar
Fotocolagem - falta fazer
Certidão antecedentes criminais - já fiz, falta imprimir
Medical Verification Form - OK
Childcare Reference 1 - OK
Childcare Reference 2 - em andamento
Personal Reference - falta
Teste psicológico - quase pronto
App online - quase pronto, só falta verificar algumas referências, subir as fotos e fazer a letter.

Obs.: As coisas que são de xerocar ou imprimir ficaram para o final porque quero ter todos os references e levar para xerocar tudo junto. É questão de ir na papelaria uma vez só! Huahauhaua. Otimização de tempo!
Como ainda tenho esta semana toda para ir todos os dias na creche, meu tempo anda curto.
Segunda que vem, ou seja daqui a 1 semana, acredito que já esteja tudo pronto para ir xerocar e já levar na agência.

Ontem eu tinha pensado em tirar um tempinho para fazer a letter. Mas acordei bem mal, com dor de cabeça e no corpo, e até febre em alguns momentos ao longo do dia. Estive um pouco no pc mas logo vi que não ia dar para fazer nada. Conclusão: fiquei a tarde toda de molho no sofá, com uma cobertinha, dormindo a maior parte do tempo e vendo um pouco de tv. Não tinha forças nem para ler, o que já é muito dizer pois amo leitura.
Masss... o descanso me fez bem. Hoje já acordei "outra", vim trabalhar, tudo normal. Só a tosse, essa sim não é tão fácil de se livrar.
É incrível, mas quando o corpo precisa de descanso, ele avisa e pronto! Nada de se entupir de remédios (mesmo sentindo que estava com um pouco de febre, não tomei nada), só descanso, muita água e suco de frutas e pronto.
Isso porque, agora que me lembro, semana passada foi das mais brabas: trabalho, creche todos os dias, chegar em casa e sempre um monte de coisas para fazer, ir dormir tarde e acordar cedo. É nisso que dá!
Mas agora acho que está tudo bem.
Só Deus sabe o que é melhor, e o que for para ser, eu aceito sabendo que não há melhor.