abril 08, 2013

Egolando

Ontem só lavei meu cabelo e deixei secar um pouco no ar enquanto me arrumava. É claro que "me arrumar", na minha realidade e no meu conceito, significa "sentar DE ROUPÃO para fazer as unhas na última hora". Quando acabei, estava atrasadíssima, o cabelo a meio secar, nem tinha me vestido, as unhas secando. Botei uma roupa, não ficou legal, troquei (ai as unhas), passei um lápis no olho (sem lápis não vou nem à esquina porque me sinto nua), calcei meus sapatinhos que não precisam ser tocados para calçar, consegui que as unhas terminassem de secar com apenas um borrãozinho no polegar (sempre ele). Parei na frente do espelho. E o cabelo? Hummm... acho que vou puxar a franja inexistente de tão grande e fazer uma tiara de trança com ela.
Puxei aquela parte de "franja", que estava passando o queixo já, e então me veio o estalo. Peguei a tesoura, medi mais ou menos, e TAC. Olá, olhos! Cortei a franja, quase de uma tesourada só (mais algumas para emparelhar).
Peguei na mão uma pomadinha que tenho que gosto muito (é mais uma meleca que uma pomada e me custou aprender a dosar para não ficar com o cabelo duro, mas quando aprendi amei), dei uma amassadinha no cabelo que a essa altura já não sabia se estava seco ou úmido, mas pra lá do que pra cá.  E saí no ar, com um pouco de vento. Peguei ônibus, fui cantar com o coral (aliás, foi lindo!), voltei para casa depois de mais um pouco de vento nos cabelos empomadados (hein?).

E não é que, depois de chegar em casa eles resolveram assentar de uma maneira que gostei muito?
Rsrs

Daí não resisti, né? Porque vai que depois não consigo mais dar esse efeito, digamos, acidental? Peguei o ipod e fui tirar umas fotos no espelho do banheiro.



Oi, cachinhos!

Meu melhor ângulo
E depois deste momento "eu me amo", continuamos com a programação normal.

3 comentários:

  1. Só você mesmo, com essa mão boa para a tesoura. E super corajosa. Adorei!bjs

    ResponderExcluir
  2. Tem que se amar mesmo!! Gostei do cachinhos!

    ResponderExcluir

Oi! Deixe seu pensamento!