dezembro 10, 2014

Correria, gente.

O ateliê já está funcionando de vento em popa. Ontem foram instalar a placa, hoje fomos nos apresentar para alguns potenciais fregueses, e as costuras vão aparecendo, aos pouquinhos por enquanto, aqui e ali.
A Hadie, cada vez mais acostumada a nossa rotina de acordar cedo, lanchar e sair para o ateliê, e lá explorar à vontade o chão todo enquanto mamãe, papai e vovó se revezam para trazê-la de volta da porta (para onde ela sempre foge engatinhando) e brincar enquanto costuram, desmancham, cortam, ou fazem qualquer outra coisa. Depois do mamá e soninho da manhã, sair com a mamãe para comprar a marmita do almoço, almoçar no ateliê todos juntos e trabalhar mais um pouco até a hora do próximo soninho. Trabalhar mais um pouco e comer uma frutinha e se preparar para voltar para casa, onde já começa a rotina de acabar o dia e se preparar para ir para a caminha.

Falando nela, está uma gostosura só. Não só por ser a minha filha, rsrsrs.
Sua última gracinha, agora que domina a arte do engatinhamento, é sair engatinhando para a porta (quando estamos no ateliê) ou para o banheiro ou outra área (quando estamos em casa). Se alguém a chama, ela pára, vira, e faz algo parecido com um tchauzinho.
Altamente adorável.

Outra coisa que muito me surpreende, e ainda não descobri se realmente ela entende o que está fazendo: ela faz que não com a cabeça, rindo. Tipo assim: "Hadie vamos sair do banho agora?" Não com a cabeça, rindo. "Hadie vem aqui, onde você vai?" Não com a cabeça, rindo. "Hadie quer mais banana?" (oferecendo). Não com a cabeça, rindo.
Ou ela entende o que eu digo e realmente responde que não, ou eu estou doida. Vai saber.
Mas o certo é que está fofa demais!

2 comentários:

  1. E a vida continua... Só que agora com uma fofura para fazer os dias mais felizes!!!

    ResponderExcluir

Oi! Deixe seu pensamento!